10 de mar de 2010

Quem com solda solda...

Esse texto não tem nada de engraçado, a não ser o fato de alguém ter perdido tempo de escrevê-lo, ainda, como artigo. Vida de jornalista não é fácil. O que a gente tem que fazer para comprar o leitinho das crianças.......



A IMPORTÂNCIA DA SOLDA PARA
A SERRA DE FITA


Para muitos, a solda é apenas uma técnica utilizada para unir duas partes metálicas. (olha, é verdade! eu sei o que é solda!!!!) Mas, o que não se pode esquecer é que ela é o ponto determinante para a qualid
ade final da serra de fita (como esquecer o inesquecível? Afinal, como já diria Sandy Leah, 'o que é imortal não morre no final'). Para os leigos no assunto, a composição dessa ferramenta pode ser dividida didaticamente em três pontos, totalmente inter-relacionados: geometria, que diz respeito ao desenho dos dentes (isso não é odontologia?) e determina os diferentes modelos e aplicações do produto; corpo, que é a base de sustentação de toda a geometria; e solda, responsável pela junção das duas partes citadas.

Isso quer dizer que mesmo com uma excelente tecnologia de geometria e um corpo bem estruturado (uma solda saradona!), sem uma solda milimetricamente realizada, a serra não chega a sua capacidade máxima de performance (tasca um viagra) e ainda pode sofrer danos irreparáveis durante seu uso (ui!). Exatamente por essa importante função, a solda deve receber grande atenção por parte do fornecedor e do consumidor, na hora da feitura (feitura??? feio né?) e da aquisição, respectivamente, já que muitos prejuízos podem ser gerados caso exista negligência. Entre os principais deles estão: diminuição da vida útil do produto, redução na produtividade e risco de perda da serra, por quebra, na maioria dos casos.


Sendo assim, não basta confiar apenas na percepção visual (tucanaram o olhômetro) para identificar possíveis problemas que a serra de fita pode apresentar. Por trás de uma “boa aparência”, podem existir defeitos de alinhamento, cambagem, torção, dureza e estrutura (isso todo mundo já sabe). É preciso conhecer a sua forma de produção, a matéria-prima utilizada na confecção e o processo empregado na junção. A soldagem deve ser estritamente controlada para garantir toda a qualidade do produto.


Por isso, ao investir em um produto do tipo, procure por um fornecedor que aplique testes rigorosos de qualidade. Muitas vezes, no mercado brasileiro as normas não são suficientes para atestar a qualidade máxima do que é ofertado aos consumidores (putz, esse país é mesmo uma várzea! vou-me embora pra Passárgada). Além disso, é importante garantir o total suporte após a compra, já que algo sempre pode dar errado (lei de Murphy número 1). Somente um bom fornecedor oferece garantia total sobre a solda, já que acredita e investe constantemente em seus processos de fabricação.

2 comentários:

Anônimo disse...

1º - aprenda o que é uma serra de fita.
2º - aprenda o que é solda para serra de fita.
3º- desde quando solda para serra de fita usa eletrodo??
4º - Vá estudar um pouco para arranjar um meio mais inteligente de comprar o "leitinho" para suas crianças.

Raquel Moreira disse...

Olá
Primeiramente gostaria de lhe parabenizar pelo blog.
Meu nome é Raquel e sou responsável por parcerias de diversos sites e gostaria de lhe convidar para ser nosso parceiro também, possuímos diversos sites relacionados a mais de 30 tipos de categoria como: moda, automóveis, maquinas, imóveis, eletrônicos etc, todos com ótimos posicionamento no Google e grande número de acessos onde poderíamos trocar links, um dos nossos sites que inclusive é relacionado a esse post é esse.
www.maquinasdesolda.com

Lembre-se esse é apenas um dos sites que possuímos temos outros diversos para parceria.
Vamos conversar mais a respeito.
email: raquelmoreira100@gmail.com
Msn: raquelmoreira1000@hotmail.com